Ansiedade VS Obesidade: O que você precisa saber?


Existe mesmo relação entre ansiedade e obesidade? Em 2008 um estudo realizado pelo Health Science Center at Houston (UTHealth), nos Estados Unidos, identificou que pessoas com transtornos de ansiedade têm 30% de chances a mais de serem obesas do que aquelas que não são ansiosas.

O estudo aponta que pessoas ansiosas, são mais inquietas e esse comportamento, acaba interferindo na forma como elas se alimentam. Quando isso ocorre, os indivíduos desenvolvem a superalimentação como forma de amenizar alguns sentimentos desagradáveis, na maioria das vezes, de forma inconsciente.

Com isso a ansiedade pode ter relação com a obesidade e a comida pode ser vista pelo obeso como estratégia compensatória para momentos de raiva, tristeza, stress e sobrecarga de trabalho. Por ser prazerosa, rápida e acessível, funciona como regulador de humor e ansiedade.

Questões hormonais e fisiológicas também contribuem. Mas principalmente as crenças culturais e os hábitos familiares são determinantes para influenciar na alimentação inadequada. Por ser um comportamento adquirido, e não inato, pode ser mudado com a readequação dessas maneiras de pensar.

Os resultados da pesquisa também indicaram que as pessoas com depressão e ansiedade praticavam menos exercícios físicos.

Referência: http://www.scielo.br/…/jbpsiq/v65n1/0047-2085-jbpsiq-65-1-0…

Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Instituto AMO- Tratamento da Obesidade

Rua Jaime Pinheiro, 36

Próximo ao Shopping Iguatemi

Bairro: Guararapes

CEP:60810-250

Fortaleza-Ceará-Brasil


 

 

Telefones:

(85) 3181.4522/3181.4422

(85) 98402.7709 (OI)

(85) 99942.2648 (Tim)


 

 

© Instituto AMO