Os riscos das dietas com o hormônio hCG


A dieta que mistura uma grande restrição calórica e o uso do hormônio hCG (gonadotrofina coriônica humana) vem sendo alvo de muitos questionamentos. Muitos pacientes nas consultas nos questionam sobre a eficácia e segurança do método por conhecer alguém que está fazendo ou já fez. Com a promessa de emagrecer até 15 quilos em um mês, o perigoso método está em alta entre os brasileiros.

No entanto, a utilização do hormônio hCG para o emagrecimento não é aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e também não é reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) também emitiram posicionamento oficial contra a utilização do hCG para tratamento da obesidade. Segundo o documento (goo.gl/JdRAqJ), não há evidências científicas de eficácia desse hormônio para o tratamento da obesidade e sua aplicação apresenta potenciais riscos para a saúde.

A obesidade é uma doença multifatorial e, por isso, deve ser tratada em todas as frentes. O Instituto AMO, através de seus profissionais, sempre bate na mesma tecla de que não existe milagre para o tratamento da obesidade, mas sim uma decisão consciente fundamentada em mudanças de hábitos. Como já dissemos aqui, a cirurgia bariátrica é um passo muito importante para o tratamento da obesidade mórbida, mas é preciso engajamento pessoal para um novo estilo de vida.

Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Instituto AMO- Tratamento da Obesidade

Rua Jaime Pinheiro, 36

Próximo ao Shopping Iguatemi

Bairro: Guararapes

CEP:60810-250

Fortaleza-Ceará-Brasil


 

 

Telefones:

(85) 3181.4522/3181.4422

(85) 98402.7709 (OI)

(85) 99942.2648 (Tim)


 

 

© Instituto AMO